Lei que obriga caminhões de lixo a terem coletores de chorume é realidade em Juiz de Fora

Grande vilão da saúde pública, o chorume passará a ter destino certo em Juiz de Fora. Por meio da Lei 13.689, de autoria do vereador Dr. Adriano Miranda (PHS), aprovada na Câmara no dia 23 de março e promulgada no último da 25/04, os veículos coletores que prestam serviço de coleta de lixo na cidade ficam obrigados a possuir coletores de chorume, equipados com válvula para retenção de líquido, que deverá ser mantida fechada durante toda a coleta de lixo.

A iniciativa garante benefícios à saúde pública e ao meio ambiente, na medida em que evita que o líquido seja despejado diretamente no solo, causando contaminação dos recursos hídricos e consequente danos à saúde da população. Da proposta de unir em um projeto a responsabilidade socio-ambiental e a preocupação com a saúde resultou em uma nova lei municipal, atenta ao bem público e que permite confluir as duas funções exercidas por Dr. Adriano Miranda, que além de vereador é também médico.

  “Temos uma preocupação com a saúde e com o bem-estar da população, porque além de possuir um odor desagradável, o que também é considerado um tipo de poluição, o chorume quando contamina águas do subsolo pode causar diversas doenças, além de alterações neurológicas e ainda atrai animais que transmitem doenças, como ratos, baratas e insetos diversos”, ressalta o vereador Dr. Adriano Miranda.