Vereador apresenta pedido de informação sobre contratos da Prefeitura com o HMTJ

Diante da suspensão dos atendimentos agendados através do SUS no Hospital Maternidade Therezinha de Jesus, o vereador Dr. Adriano Miranda (PHS) protocolou pedido de informação sobre os contratos estabelecidos entre o hospital e a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF).

O objetivo é saber a respeito dos contratos e repasses firmados com o Hospital e Maternidade Terezinha de Jesus (HMTJ) e detalhar também o percurso dos 800 mil reais de verbas parlamentares carimbadas que o próprio vereador destinou ao hospital através do Deputado Federal Marcelo Aro (PHS). 

“Nosso objetivo é que possamos ter os dados reais dos contratos, como os valores e os vencimentos. Não podemos permitir que a população deixe de ser atendida pelo hospital”, afirmou o vereador.

Após essa iniciativa, foi concedida uma liminar pela Justiça para retomada dos servoços por mais 120 dias. O Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ) já está reagendando os procedimentos suspensos, na última semana, e já recompôs inteiramante o serviço prestado à rede 100% SUS. Para que o HMTJ mantenha a assistência de qualidade, pela qual prima, é necessário que o município também cumpra integralmente com suas obrigações financeiras, conforme previsto no contrato e determina a liminar.

"Sabemos da importância desde hospital 100% SUS na saúde pública da nossa cidade e não vamos nos calar enquanto o impasse não seja resolvido", afirma o Dr. Adriano Miranda.